01 Pensamento Econômico Português,1143-2000. The Portuguese Economic Thought

O PENSAMENTO ECONÓMICO PORTUGUÊS DE 1143 A 2000. PROF. DR. DARCY CARVALHO. FEAUSP. SÃO PAULO. BRASIL. 2015.

01 Períodos do pensamento econômico português da independência ao século XXI. The epochs of the  Portuguese economic thought, from 1143 until the present.

A evolução do pensamento económico português foi marcada por uma sucessão de épocas, mais ou menos longas, de 1143 até o presente. Carlos Bastien identifica cada uma dessas épocas e fundamenta uma cronologia que permite estabelecer comparações internacionais e a partir daí detectar eventuais atrasos na afirmação das diversas correntes de pensamento pré-científico e científico em Portugal, bem como fixar eventuais traços de originalidade nas diversas configurações que a cena das ideias económicas assumiu ao longo do tempo. 

02 O Economista Azeredo Coutinho e suas obras. A study on the educational contents of the works by the Bishop Azeredo Coutinho (1742-1821), a Portuguese Economist of the Mercantile School.

Gilberto Luiz Alves estuda Azeredo Coutinho como educador interessado na promoção dos recursos humanos. Preliminarmente, estuda a biografia de Azeredo Coutinho, bispo e inquisidor português, nascido no Brasil, mais lembrado por suas obras econômicas, que caracterizam um economista mercantilista, do que por seu interesse em educação. Esta extensa análise do pensamento educacional de Azeredo Coutinho traz ainda uma completa bibliografia das suas obras, precioso instrumento para conhecermos seus numerosos escritos de caráter econômico.

03 Leonor F. Costa, M. Manuela Rocha,Paulo Brito. Money Supply and the Credit Market in Early Modern Economies:The Case of Eighteenth-Century Lisbon. DT/WP nº 52

  
============================================================================
ARQUIVOS ADICIONADOS
=============================================================================

Ċ
Darcy Carvalho,
2 de jul de 2015 04:15
Ċ
Darcy Carvalho,
2 de jul de 2015 02:47
Ċ
Darcy Carvalho,
2 de jul de 2015 05:51
Comments